Prefeitura retira mais de 6,5 mil toneladas de resíduos das ruas

A prefeitura, através do serviço de limpeza corretiva executado pelo Departamento de Limpeza Urbana da Secretaria de Serviços Públicos (SSP), retirou um total de 6.572 toneladas de resíduos descartados irregularmente nas ruas, terrenos e praças da cidade. Somente no mês de setembro foram retirados entre entulho, terra, madeira, móveis e resíduos 281 toneladas. O montante equivale a 97 caminhões cheios.

As maiores quantidades de sujeira, incluindo entulho, terra e todo tipo de rejeitos (material que não pode ser reciclado e é enviado ao Aterro Sanitário, no Cabuçu) foram retiradas dos bairros Jardim São João, Taboão, Jardim Ipanema, Parque das Laranjeiras, Jardim Santa Clara, Jardim Santa Emília, Jardim Paraíso, Vila Fátima e Parque Mikail. Cerca de metade do material recolhido, após separação manual, foi encaminhado para a Usina Recicladora da Proguaru e para recicladoras da cidade.

De acordo com levantamento da SSP, Guarulhos possui cerca de 400 pontos viciados de descarte irregular de materiais.
“Estamos tentando reverter essa situação, através de um esforço constante. Estas operações consomem muitos recursos financeiros e pessoais que poderiam ser utilizados de outras formas em benefício da cidade. Precisamos urgentemente da colaboração dos guarulhenses na manutenção da limpeza da cidade”, comentou Loredana Glasser, secretária de Serviços Públicos.

Pontos de Entrega Voluntária – Para facilitar o descarte de materiais de forma correta, além do serviço regular de coleta de lixo domiciliar, a prefeitura disponibiliza 19 Pontos de Entrega Voluntária (PEV), que recebem resíduos da construção civil e demolição (ferro, argamassa, solo etc), móveis, pneus, podas de árvores e utensílios em geral sem serventia.
Cada pessoa pode entregar até um metro cúbico de material por dia, o que equivale a doze carrinhos de mão cheios ou a 20 sacos de 50 litros, no PEV mais próximo.