Agentes do CDP de Guarulhos flagram maconha e comprimidos escondidos em pão de detento

Os agentes do Centro de Detenção Provisória (CDP) I, na Várzea do Palácio, flagraram maconha e comprimidos escondidos em lanches de pão com carne trazidos pela irmã de um dos detentos da unidade. Além desse caso, outro preso teve cigarros de maconha apreendidos após estarem escondidos em guardanapos trazidos pela companheira do homem durante a visita.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), os visitantes foram levados para distritos policiais, além da suspensão automática da lista de visitantes. Os presos identificados como receptores dos ilícitos foram isolados e responderão ao procedimento de apuratório disciplinar.

As apreensões foram realizadas neste final de semana e, além de Guarulhos, agentes do CDP de Suzano, encontraram uma sacola enterrada com 21 aparelhos celulares e duas placas de carregadores. Diante do fato, eles passaram a intensificar as buscas encontrando outra sacola plástica contendo mais cinco aparelhos de telefonia móvel, uma placa de carregador e dois fones de ouvido, totalizando 27 aparelhos celulares.

No final do mês de setembro, outra companheira de preso foi detida no mesmo CDP de Guarulhos, quando tentava entrar com nove maços de cigarro contendo maconha escondida. Já no mês de agosto, dessa vez no CDP II da cidade, uma mulher casada com um dos detentos, foi presa no momento que estava com o filho de dois anos no colo quando passava pelo portal do detector de metal. O portal foi acionado acusando a presença de material metálico. Questionada sobre o acionamento, a mãe teria ficado nervosa, sendo constatado, segundo a SAP, que a visitante pressionava a mão da criança, escondendo um chip de celular.