Cristolândia é o 1º projeto social no País voltado para o tratamento de adolescentes com dependência química

A Cristolândia de Guarulhos é o primeiro projeto social no Brasil voltado para o tratamento de crianças e adolescente com problema de dependência química. Esta condição foi possível em virtude da parceria realizada com a Vara da Infância e da Juventude Protetiva e Cível do município, que está sob responsabilidade do juiz Iberê de Castro Dias.
Localizada na região central, a unidade do projeto deve atender neste primeiro instante aproximadamente 20 crianças ou adolescentes. No entanto, ainda não existe data delimitada para que as instalações estejam em pleno funcionamento. Segundo o pastor Anderson Imaculada, responsável pela proposta, a parte burocrática precisa ser solucionada.

“Em 2014, o juiz da Vara da Infância de Guarulhos, Iberê Castro, ele fez uma carta convocando as jurisdições nacionais (da Igreja Batista), que cuidam da Cristolândia, para conversar sobre o trabalho com os adolescentes que estavam sob o cuidado da vara e que sofrem com o problema das drogas”, declarou o pastor Anderson Imaculada.

Na cidade desde 2013, a Cristolândia atendia cerca de 300 crianças e adolescentes, de forma transitória, na comunidade da Vila São Rafael com o propósito de fortalecer o vínculo daqueles jovens com seu circulo familiar.
“Temos uma casa institucional que atende uma demanda específica para crianças e adolescentes em tempo integral. Este que é um projeto Batista se organizou em maio de 2015 estava como um serviço de convivência e fortalecimento de vínculos familiares”, concluiu.

Com este trabalho, os responsáveis pelo projeto social acreditam ser possível promover a redução de incidência do uso de substâncias psicoativas por crianças e adolescentes. O custo mensal de manutenção das atividades é de R$ 30 mil reais.

Antônio Boaventura
[email protected]
Foto: Ivanildo Porto