Mães reclamam da espera por atendimento no Hospital da Criança

Diversas mães têm reclamado a respeito da situação de espera para receber atendimento no Hospital Municipal da Criança e do Adolescente (HMCA). No início desta última semana, fotos circularam pelas redes sociais no qual mostravam que o hospital além de cheio, havia também crianças sentadas no chão aguardando para serem atendidas.

“Cheguei às 15h e somente às 17h fui fazer a ficha, além de não ter previsão para passar no médico”, afirmou a cabeleireira Renata Lima da Silva, alegando que com a demora, acabou desistindo, e saiu de lá às 21h, após esperar mais de cinco horas, enquanto o filho de sete anos estava com a garganta inflamada e dor de ouvido.

Além de Renata, outra mãe também alegou problemas no atendimento. “Tinha muitas pessoas, não dava para passar no corredor, e somente às 20h30 começaram a chamar o pessoal que havia chegado às 15h”, afirmou a dona de casa Vanessa Rodrigues de Souza.
A reportagem do HOJE entrou em contato com o Instituto Gerir, que alegou não haver espera por cinco horas no atendimento do HMCA. “O tempo esteve dentro dos padrões da normalidade. Às 19h, havia cinco médicos no atendimento (quatro na clinica e um na emergência)”.

Reportagem: Ulisses Carvalho
[email protected]