Big Band apresenta tributo a Frank Sinatra no Teatro Adamastor

Música: o cantor norte-americano Frank Sinatra em show no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). (Rio de Janeiro, RJ, 26.01.1980. Foto de Walter Ennes/Folhapress)

Uma sensível homenagem a uma das vozes mais expressivas da música internacional. No feriado do dia 20 de novembro, segunda-feira, às 20h, a Big Band do Conservatório Municipal de Guarulhos apresenta Blue Eyes, um tributo a Frank Sinatra, no Teatro do Adamastor Centro. O espetáculo é aberto a todas as idades, tem entrada gratuita e os ingressos devem ser retirados na bilheteria do Adamastor com 1 hora de antecedência.

A apresentação conta com a participação do cantor Richard Broomberg, que junto com a Big Band interpreta canções que marcaram época, como “My Way”, “Fly Me To The Moon”, “Cheekto Cheek” e a inconfundível “New York, New York”, músicas cujos arranjos foram especialmente criados para o espetáculo.

Sob coordenação e regência do maestro Marcelo Mendonça, a Big Band foi criada em 2001 para o aprimoramento da prática em conjunto e da técnica da execução em naipes e da improvisação. Tal abordagem é feita por arranjos de grau técnico elevado nas diversas linguagens da música instrumental, Jazz, MPB, Samba, Funk, entre outras.
O cantor Richard Bromberg sempre foi um apaixonado pela música de Frank Sinatra, um gosto que herdou de seus avós maternos. Ao longo de sua carreira, ele participou de inúmeros programas de TV, musicais e também se apresentou em renomadas casas de blues e jazz de São Paulo.

Sucesso nos palcos e no cinema

Quando o nome de Frank Sinatra vem à mente, não é somente nos palcos que é lembrado, mas também no cinema, onde o cantor participou de mais de 50 produções, ganhando um Oscar com a participação no filme “A um Passo da Eternidade”, de 1953. Na década de 1950 e 1960, Sinatra estava no grupo conhecido como Rat Pack, onde diversos artistas atuavam em filmes americanos.

Além do cinema, ele também trabalhou com um show televisivo próprio, e na década de 1990 continuou investindo na carreira, com diversas apresentações e gravações. Com um carinho especial pela Bossa Nova, outro detalhe na carreira de Sinatra, é que durante uma oportunidade chegou a cantar a música “Garota de Ipanema”, ao lado do músico brasileiro Tom Jobim.
Sinatra foi casado quatro vezes e teve três filhos, Nancy, Tina e Frank Sinatra Jr. No Brasil, o cantor fez um grande show em 1980 no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, reunindo 170 mil pessoas. No dia 14 de maio de 1998, o músico morreu de um ataque cardíaco na cidade de Los Angeles, Califórnia, nos Estados Unidos.

Serviço:
Data: 20 de novembro – segunda-feira
Horário: 20h
Local: Teatro do Adamastor Centro – Avenida Monteiro Lobato, 734 – Macedo
Entrada gratuita (retirar ingresso com 1 hora de antecedência)
Classificação: livre

Foto de Walter Ennes/Folhapress