Sistema Alto Tietê e Cantareira apresentam queda em sua capacidade de abastecimento

Principais fontes de abastecimento de água da cidade de Guarulhos, os reservatórios mananciais Alto Tietê e Cantareira apresentaram queda em sua capacidade de abastecimento nos últimos três meses. Juntos, eles são responsáveis por atender 87% da demanda do insumo em todo município.

O sistema Cantareira, que abastece a região central, registrou a marca de 53,7% de sua capacidade de abastecimento em setembro contra 44,3% até esta terça-feira (21). Ou seja, redução de quase 10%. Já o Alto Tietê, que atende a região considerada periférica, baixou seu nível de 51,1% para 49%.
A Companhia de Saneamento Básico de São Paulo (Sabesp) afirma que as condições dos mananciais estão dentro do esperado para esta época do ano. Na região sudeste do Brasil, o período chuvoso fica concentrado entre os meses de outubro e março, quando o volume das represas tende a subir gradativamente.

Contudo, a Sabesp ressalta que a queda no volume de armazenamento é normal para o período de seca, que fica concentrado nos demais meses do ano. Atualmente, o Sistema Cantareira atende aproximadamente 7,5 milhões de pessoas e o Alto Tietê 4,4 milhões. A companhia estimula o consumo consciente da água de forma permanente junto aos seus clientes.

Confira algumas dicas de economia:

– Tome banhos curtos;
– Deixe a torneira fechada enquanto escova os dentes ou faz a barba;
– Não utilize a mangueira para lavar o carro; prefira um balde com água;
– O uso da mangueira também deve ser evitado para lavar a calçada ou o quintal. Dê preferência à vassoura e um balde com água;
– Utilize a lava-roupa e a lava-louça apenas quando elas estiverem na capacidade máxima;
– Antes de lavar a louça, retire o excesso de comida com a esponja; deixe a torneira fechada ao ensaboar.

Antônio Boaventura
[email protected]