Grupo de rede social ajuda encontrar animais desaparecidos em Guarulhos

O grupo Animais Perdidos de Guarulhos, no Facebook, foi criado há mais de um ano pelo biólogo Carlos Mello, 42, em razão da perda de uma gatinha da esposa, que até hoje se encontra desaparecida. Apenas no primeiro mês, mais de 70 pessoas aderiram ao grupo.

“Nós recebemos uma média de dois desaparecimentos por dia”, afirmou Mello, revelando que a região onde mais possui ocorrências entre a parte do Bosque Maia até o Continental. O grupo atualmente é composto entre 800 e 900 integrantes, visando além de compartilhar casos de perda, que os integrantes interajam e ajudem também a encontrar ou se possuem alguma notícia sobre animais perdidos.
Grande parte dos casos publicados no grupo não são solucionados. A prefeitura também não contabiliza o número de animais desaparecidos na cidade. Segundo estima Mello, apenas 20% dos casos são solucionados, entre eles, dos que marcaram, estão o de uma senhora que perdeu o gato no aeroporto, e sete meses depois o animal foi encontrado na região do Haroldo Veloso.

O criador do grupo ainda alerta para um fato de que é mais difícil encontrar um cachorro se for de raça. O Centro de Zoonoses do município de Vinhedo, por exemplo, tem uma novidade para encontrar animais desaparecidos, através de um aplicativo que foi criado com o objetivo de manter o controle sobre os animais de rua.
Em Guarulhos, existem Ongs que ajudam animais em situação de rua ou que foram maltratados. Grande parte dos casos publicados na rede social envolvem gatos e cachorros.

Acesse a página do grupo: https://www.facebook.com/groups/762828307133030/?fref=nf

Reportagem: Ulisses Carvalho
[email protected]