Prefeitura realiza desapropriação de 16 famílias no Jardim Cambará

Após decisão do Ministério Público do Estado sobre as desapropriações no Jardim Cambará, região do Parque Continental III a prefeitura realizou nesta quinta-feira (23), mais desapropriações, dessa vez, na rua Jesuíno de Pires Freitas, e ao todo, são 16 famílias retiradas do local.

Nesta sexta-feira (24), a partir das 8h, devem ser demolidas mais três residências no bairro. “A gente sabe que está errado, porém a prefeitura não está concedendo o auxílio moradia”, afirmou uma das moradas que está em situação irregular, Tatiane Silva, que até o momento, ninguém no bairro recebeu algum apoio da Secretaria de Habitação.

Segundo Tatiane, o território pertence ao Daae (Departamento de Águas e Energia Elétrica). O HOJE já havia questionado a prefeitura em relação aos moradores irregulares do Jardim Cambará e também sobre número desapropriações realizadas neste ano, porém, a prefeitura não se manifestou.

Em matéria divulgada no final de outubro, cerca de 45.677 moradores de Guarulhos devem ser desapropriados. São cerca de dez mil imóveis em áreas de risco espalhados pelos bairros do Jardim Ipanema, Cumbica, Monte Carmelo, Jardim Presidente Dutra, Mikail, Cidade Seródio, Vila Augusta, Santos Dumont, Bananal, Novo Recreio, Cabuçu e no Alvorada.

Reportagem: Ulisses Carvalho
[email protected]