Briga entre casal de policiais militares termina com a mulher morta

***ATENÇÃO FOTOS FEITAS COM CELULAR*** SÃO PAULO, SP, 11.12.2017: VIOLÊNCIA-SP - Um policial militar foi preso após atirar e matar a própria mulher, também da Polícia Militar, na noite de domingo (10), na rua Gomes Nogueira, no Ipiranga, zona sul de São Paulo. O caso deverá ser registrado como homicídio doloso no 16º Distrito Policial (DP), da Vila Clementino. (Foto: Mário Ângelo/Sigmapress/Folhapress)

Uma briga entre um casal de policiais militares terminou com a mulher morta a tiros, na região do Ipiranga, zona sul de São Paulo, na noite deste domingo (10).
Por volta das 22h30, o casal de militares começou a discutir no interior da casa onde moravam na rua Gomes Nogueira.

O soldado da PM, que não teve o nome divulgado pela corporação, atirou na mulher e fugiu. Ela foi levada ao hospital de Heliópolis, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Segundo a PM, o soldado se entregou na manhã desta segunda-feira (11) em um batalhão.
Em 2016, 4.657 mulheres foram assassinadas, segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Deste total, 533 casos foram classificados como feminicídio.

Foto: Mário Ângelo/Sigmapress/Folhapress