Com divergências, Câmara aprova “congelamento” do IPTU para o próximo ano

Com divergências, Câmara aprova “congelamento” do IPTU para o próximo ano

A Câmara Municipal atestou nesta terça-feira (12) uma das promessas de campanha do prefeito Guti (PSB). No entanto, o “congelamento” da cobrança do Imposto Predial, Territorial e Urbano (IPTU) causou divergências entre os parlamentares de situação e oposição sobre a legalidade da proposta, que segue para aprovação do Executivo.

*Mais informações você confere na edição do HOJE desta quarta-feira (13).

Deixe seu Comentário