Acusado de estupro no Hospital Pimentas-Bonsucesso é encaminhado para a penitenciária José Parada Neto

O guardador de carros Jurandi Brito de Sá, 42, acusado de tentativa de estupro a uma jovem de 24 anos que tem deficiência física, mental e se locomove através de cadeiras de rodas, foi encaminhado após audiência de custódia para a penitenciária I José Parada Neto, localizada na rua Benedito Climério de Santana, no bairro Várzea do Palácio.

O caso ocorreu no último dia 06 de dezembro, quando a mãe da jovem, alegou que quando estava chegando ao Hospital Pimentas-Bonsucesso, Sá teria se oferecido para ajuda-la a empurrar a cadeira de rodas, porém, dentro do hospital, testemunhas teriam presenciado o acusado colocando a mão dentro da blusa da vítima.
A ocorrência foi registrada no 4°DP, e o acusado irá responder como tentativa de estupro de vulnerável, enquanto segue preso provisoriamente.

Foto: Ivanildo Porto