Estado de SP tem mais de 93 mil pessoas foragidas

O estado de São Paulo tem atualmente 93.140 pessoas foragidas com mandado de prisão em aberto, segundo a Polícia Civil. O número foi obtido através da Lei de Acesso à Informação 12.527/2011, e de acordo com a polícia, não existem dados específicos de foragidos voltados para cada cidade, já que o cadastro é estadual e não municipal.

Entre os casos de foragidos em Guarulhos, no mês de abril, a dona de casa Jéssica Patrícia Pimentel, 27, levou 20 facadas dentro da própria residência localizada no bairro Continental I, sendo o ex-marido, Reginaldo Ribeiro Melo, o principal suspeito de cometer o crime, porém, mesmo com mandado de prisão pela Polícia Civil, o acusado permanece foragido até o momento.

Na ocasião, Jéssica chegou a ficar internada no Hospital Padre Bento, mas, após quase um mês recebeu alta. Em outra ocorrência, dessa vez no mês de junho, a jovem Ana Paula Rodrigues Negrito, 21, também foi assassinada enquanto dormia na residência localizada na rua Rubens Taborda, no bairro Ponte Alta.
O principal suspeito de cometer o assassinato da jovem é o ex-namorado, Wellington Vieira Garcia de Souza, 31, que teria invadido a residência pela laje armado, entrando no quarto e disparando dois tiros na cabeça da vítima. Souza também teve mandado de prisão expedido pela justiça, mas continua foragido.
“Eu entrava em contato com os investigadores da polícia, mas aí eles falavam que qualquer informação entrariam em contato comigo, e até agora nada”, afirmou o irmão da vítima, o operador de máquina Fábio Júnior, 27, sobre a investigação que ocorre no 7° Distrito Policial.

O HOJE entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), que informou no caso da jovem assassinada, que a justiça decretou o mandado de prisão temporário e que os investigadores do 7° DP trabalham para localizar o acusado. Já sobre o caso da Jéssica Patrícia Pimentel, o 2°DP instaurou um inquérito policial de violência doméstica e tentativa de homicídio, além da prisão temporária expedida pela justiça, porém, Melo ainda não foi localizado.

Reportagem: Ulisses Carvalho
[email protected]
Reprodução: Ivanildo Porto

- PUBLICIDADE -