Manobra para encerrar sessão acirra  os ânimos entre vereadores na Câmara

Manobra para encerrar sessão acirra os ânimos entre vereadores na Câmara

Fortes cobranças de vereadores por melhorias na condução da prestação de serviço da saúde para a população foram motivos para que a sessão desta terça-feira (20) na Câmara Municipal pudesse ser encerrada antes do previsto. A base de apoio ao Executivo conseguiu encerrar os trabalhos no plenário antes do previsto e acirrou os ânimos entre os parlamentares.
Entre as cobranças realizadas pelos vereadores estava a reforma do Pronto Atendimento do Jardim Paraíso, que foi fechado em dezembro do ano passado.

“Pessoas estão reclamando e indo a São Paulo em busca de médicos por que a cidade não está fornecendo atendimento. Isso também se estende aos funcionários da Saúde. Eles estão desgastados, sem incentivos e sem condições adequadas de trabalho”, denunciou o vereador Thiago Surfista (PRTB).

O vereador Rafael Zampronio (PSB) lamentou que a discussão. “A questão é pessoal e de saber se comportar em público. Existem duas palavras que parecem iguais, mas semanticamente são totalmente diferentes, que é o conflito e o confronto. Isso aqui é um parlamento para se discutir. O problema é quando parte para o confronto e foi isso que ocorreu”, explicou Zampronio.

Antônio Boaventura
antonioboaventura@guarulhoshoje.com.br
Foto: Ivanildo Porto

Deixe seu Comentário