Morador do Jardim Paraíso é a 10ª vítima por febre amarela, diz família

O morador do Jardim Paraíso, William da Silva Oliveira, 28, morreu no início da tarde desta segunda-feira (26) por febre amarela no Hospital das Clínicas (HC), em São Paulo, de acordo com um amigo da família. Oliveira havia sido internado no HC na sexta-feira (23), quando realizou o transplante de fígado.

Após a cirurgia, Oliveira teria apresentado complicações, segundo informações do bancário Clayton Ezequiel,34, e não resistiu nesta segunda. “Ele não havia tomado a vacina, e viajou durante o período de Carnaval para uma área de mata”, revelou. A vítima chegou a ser internada no Hospital Geral de Guarulhos (HGG), antes de ser transferida para o HC.
Além da realização do transplante, Oliveira também necessitava da doação de sangue O+. O HOJE contatou a Secretaria Municipal de Saúde que informou, no início da noite, não ter sido notificada sobre a morte de Oliveira.

Na semana passada, outras duas pessoas teriam morrido por febre amarela na cidade, sendo o primeiro caso de um feirante, morador do Bonsucesso, identificado por Donizeti Rodrigues de Paula, que teria contraído a doença no Água Azul, segundo informações da família; a Saúde afirmou que este caso está sob investigação. Na quinta-feira (22), Adriano Rocha de Farias, 31, morador de Cumbica, também teria morrido por conta da doença.

Reportagem: Ulisses Carvalho
[email protected]