Jovem tem cirurgia desmarcada seis vezes por falta de material no HMU

Jovem tem cirurgia desmarcada seis vezes por falta de material no HMU

A jovem Núbia Roberta da Silva, 19, moradora do Jardim Bela Vista, teve seis vezes a cirurgia cancelada no Hospital Municipal de Urgência (HMU), por falta de material, segundo o esposo Lucas Cardoso Navarro, autônomo, 19. A operação que teria sido cancelada diversas vezes é no fêmur, onde Núbia fraturou no dia 14 do mês passado.

“Vai completar um mês que ela está no hospital e não realizou ainda a operação. É uma vergonha, principalmente porque há mais casos deste tipo dentro do HMU”, afirmou Navarro, destacando que a esposa teve a fratura no fêmur durante uma queda de moto na avenida Tiradentes, dando entrada no HMU às 1h30, após a moto cair sobre a perna da jovem.

A sexta vez que teria sido desmarcada a operação ocorreu no domingo. “Cada hora eles falam uma coisa, dizem que faltam materiais como placa ou parafusos, e outros afirmam que não procede isso”, enfatizou. Navarro também destacou que os médicos não conseguem conversar, pois alguns teriam afirmado que a esposa precisava realizar a cirurgia, enquanto outros teriam negado o procedimento.

Diante desta situação, e prestes há completar um mês esperando por uma cirurgia, Navarro confessa que irá procurar a Defensoria Pública nesta quarta-feira (14), para tentar resolver o problema. A reportagem do HOJE entrou em contato com Instituto Gerir, responsável pela administração do HMU, que confirmou a operação nesta semana. “A cirurgia da paciente Núbia Roberta da Silva será realizada até sexta-feira (16)”.

Reportagem: Ulisses Carvalho
ulissescarvalho@grupomgcom.com.br
Foto: Ivanildo Porto

5 Comentários neste post

  1. Meu esposo está internado lá desde de sexta feira dia 09/03, esta sem leito está em uma sala com caldeirões, por falta de leitos com um monte de pessoas, e hoje recebi a notícia do médico que irão transferilo por falta de especialista de pescoço e face, só Deus viu…

    Responder
  2. Emerson Souza Peixoto

    Minha vó tem 85 anos ela deu entrada no dia 21/02 no Hmu com fratura no fêmur, mais até agora aguarda cirurgia. Pelo amor de Deus da atenção para esse caso.

    Responder
  3. Cláudio

    Nossa… Que estranho!!! A privatização que custou mais de 160 milhões ( me corrijam se estiver errado), não foi capaz de suprir tal necessidade???!!!!

    Responder
  4. Luciana da Silva Carvalho

    Ainda a um vereador que não quero citar o nome que diz que destinou 500 mil reais para saúde vregonha

    Responder
  5. tetesinha

    Infelizmente isso nao aconteçe fo no hmu minha mae foi internada no hospital geral treis vezes para fazer cirugia no joelho td sexta ia ficava mais de 24 grs de jejum entrava no cc e era ddispenssada por falta de materiais detalhe 73 anos ate que ela vonseguiu

    Responder

Deixe seu Comentário