Após dois anos da morte do advogado Leandro Balcone, caso ainda continua em investigação

Após dois anos da morte do advogado Leandro Balcone, caso ainda continua em investigação

Após os dois anos da morte do advogado Leandro Balcone, 35, o caso ainda continua em investigação pela Polícia Civil e até o momento nenhuma pessoa foi presa. Pela rede social, o irmão da vítima, Ricardo Balcone, 31, destacou que não está sendo fácil essa perda. “Sei que você está sempre ao meu lado, sinto sua presença a todo momento, sinto sua força, sua garra para eu seguir minhas batalhas”.

Os dois moravam juntos e de acordo com o irmão da vítima, no dia em que o advogado foi assassinado, Ricardo estava a caminho do escritório. “ É uma situação complexa, a gente não consegue entender. A falta é diária, é um problema que teremos para o resto da vida”, afirmou Ricardo.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP), afirmou que o inquérito está sendo investigado pelo Setor de Homicídios. “Diligências continuam para descobrir a motivação do crime e prender os autores. Mais detalhes não podem ser divulgados para não prejudicar os trabalhos”.

O advogado Leandro Balcone, 35, foi assassinado a tiros dentro do escritório localizado na rua Marajó, região do bairro Macedo, no dia 22 de março de 2016. Na ocasião, a Polícia Civil descartou a possibilidade de realizar um retrato falado, porque câmeras do escritório mostravam o indivíduo suspeito de cometer o crime.

Deixe seu Comentário