Família alega descaso no HMU com idoso internado em estado grave

A família do paciente Volnei Dias Veira, 79, aposentado, alega que o Hospital Municipal de Urgência (HMU), estaria com descaso em relação ao tratamento do idoso que está internado desde 22 de março no hospital, com o quadro de câncer no reto.

De acordo com analista Paloma Alcântara, 27, a situação se agravou durante uma visita realizada pela família nesta terça-feira (03). “Ele é meu sogro, e quando percebemos, ele estava com a mesma sonda há 15 dias, e estava saindo larvas do nariz dele, coisa que não acontecia quando deu entrada no hospital”, alegou Paloma.

A família teria reclamado com a direção do hospital diante da situação do aposentado. O hospital teria trocado a sonda e realizado uma lavagem, segundo Paloma, já que não haviam higienizado a sonda que estava com o paciente.

A reportagem do HOJE entrou em contato o Instituto Gerir, responsável pela administração do HMU. Em nota, o Gerir confirmou que o paciente deu entrada no hospital no dia 22 em estado muito grave, porém, afirmou que não há nenhuma negligência das equipes médicas neste caso. “Nos solidarizamos com a dor da família e compreendemos que, em um momento tão difícil, alguns familiares tentem buscar culpados pelo grave estado de saúde de um parente querido. Todo tratamento de suporte está sendo dado, inclusive com a aplicação de medicação adequada para o caso”.

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto