Médico é flagrado em esquema da “farra do ponto” na UBS Dona Luiza

O médico canadense Pierre Simon, que integra os quadros de funcionários da Prefeitura desde 2008, foi preso em flagrante nesta quarta-feira (11) na Unidade Básica de Saúde (UBS) Dona Luiza, localizada no bairro dos Pimentas, por registrar suas digitais para controle do horário de expediente sem cumprir o mesmo. Por este ato, ele foi enquadrado no artigo 299 do Código Penal Brasileiro por cometer o crime de falsidade ideológica.

Diante deste quadro, o profissional foi conduzido ao 5º Distrito Policial para prestar seus esclarecimentos e na sequência direcionado ao 1º Distrito Policial onde foi encarcerado até a realização da audiência de custódia, marcada para acontecer nesta quinta-feira (12). Caso seja condenado, Simon pode pegar de 2 a 5 anos de prisão.  Ele foi indiciado sem direito a fiança.

*Maiores informações você confere na edição do HOJE desta quinta-feira (12).