Sinalização de solo precária é alvo de críticas de pedestres e motoristas

Item de segurança no trânsito para pedestres, a sinalização de solo está sendo alvo de críticas em Guarulhos. O HOJE percorreu algumas vias da cidade e constatou a precariedade, principalmente quanto à pintura de faixas, já deterioradas.

Nos cruzamentos da rua João Gonçalves com a avenida Monteiro Lobato, na região central, e avenida Antônio de Souza com a rua Padre Celestino, no Jardim Santa Francisca, a faixa de pedestre está praticamente invisível. Assim como em outros pontos que foi possível constatar a falta de sinalização em lombadas.

“É sempre importante manter este tipo de sinalização em boas condições, principalmente para nós motoristas. Isso é questão de segurança. Não moro em Guarulhos, mas frequento aqui com certa assiduidade”, disse o motorista Ricardo Sampaio, 48 anos.

Além de Sampaio, a dona de casa Maria da Conceição, moradora do Parque Cecap, entende que a falta de sinalização adequada pode causar diversos transtornos para motoristas e transeuntes. Ela pede maior atenção da administração pública em relação a esta necessidade.

“Às vezes fico sem saber se na rua tem ou não a faixa de pedestre. Penso assim por que não consigo enxergar ela. É perigoso acontecer um acidente por conta disso”, declarou.

O HOJE contatou a Secretaria de Transportes e Trânsito (STT), mas ela não se pronunciou. Por meio da assessoria de imprensa apenas solicitou maior prazo para que pudesse prestar seus esclarecimentos a respeito do problema.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto