Câmara aprova proposta que beneficia moradores do Ponte Alta e Jd. Centenário

A Câmara Municipal aprovou nesta quinta-feira (19) a proposta elaborada pelo vereador Edmilson Souza (PT), líder da oposição ao governo do prefeito Guti (PSB) na Casa de Leis, que tratava da regularização do parcelamento do solo da cidade. Esta medida beneficiou, em especial, moradores de áreas ocupadas no Jardim Centenário, localizado na região do bairro dos Pimentas, e Ponte Alta, próximo ao Bonsucesso.

Além da regularização e reorganização proposta, a vereadora Janete “Lula” Pietá (PT) entende que o governo guarulhense possa também contemplar a possibilidade de limitar a ocupação das áreas verdes com iniciativas de preservação e fiscalização, bem como o impedimento da vinda de indústrias cuja atividade seja prejudicial ao meio ambiente.

“O vereador Edmilson Souza [que não esteve na sessão parlamentar por motivos particulares] foi muito feliz ao apresentar esse projeto. Na verdade, ele ouviu o movimento e tentou fazer uma proposta de parcelamento de solo. O projeto altera somente um item, onde existe uma área de proteção ambiental e que possa ser considerada de interesse social”, explicou a parlamentar petista.

Esta iniciativa que teve aprovação prévia dos parlamentares irá beneficiar, neste primeiro momento, cerca de 2 mil famílias que habitam em áreas consideradas irregulares, e que passam por processo de regularização por parte do município. No entanto, manifestantes presentes ao legislativo festejaram a decisão dos vereadores.

“Agora estamos um pouco mais tranquilos. Isso mostra a força que o povo tem, e que precisa ser exercida. O primeiro passo já foi dado. Acredito que não somente eu, mas todos que estão, aqui, agradecem o empenho de todos e a sensibilidade dos vereadores”, concluiu Jorge Rocha, morador do Jardim Centenário.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto