Moradores tentam agendar castração gratuita e reclamam que telefone está ocupado

Após a prefeitura anunciar que o novo agendamento para castração gratuita de cães e gatos iria começar nesta segunda-feira (14), diversos moradores reclamam que estão tentando ligar para os dois números divulgados pela administração municipal, porém, o telefone estaria ocupado.

A reportagem do HOJE recebeu diversos relatos e também questionou a prefeitura sobre essa situação.”O agendamento para castração começou hoje, dia 14, pelo Departamento de Proteção Animal. As dias linhas encontram-se constantemente ocupadas devido ao número muito grande ligações. Cada ligação pode demorar de 4 a 14 minutos, o que varia de acordo com o número de animais a serem cadastrados (1 a 3 por CPF). No momento, estão sendo disponibilizadas 800 vagas”.

“Estou tentando ligar desde as 8h e só dá ocupado”, afirmou  a gerente de vendas Mônica Alves, 40, que está tentando realizar a castração do seu cachorro.

Já a diarista Maria Inês Jubanski Balan, 51, moradora do bairro Jardim Castanha, alega que está passando pelo mesmo problema, já que desde às 9h quando começou a tentar o telefone está ocupado. “Estou tentando agendar para castrar a minha gatinha Mel que tenho há oito meses, porém, até agora sigo sem nenhuma resposta”, revelou.

Os dois números divulgados pela prefeitura para agendamento da castração são 2475-9855 ou 2458-1666, porém, os dois estão ocupados. Além da castração, todos os animais atendidos recebem microchip de identificação e Registro Geral de Animal (RGA), também sem nenhum custo algum ao munícipe. Diariamente, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), realiza cerca de 120 castrações. O procedimento evita a reprodução indesejada, previne doenças, reduz a agitação e a agressividade e prolonga a vida do animal.

Foto: Richard Alberto/Sema