Frota dos ônibus intermunicipais continua reduzida mesmo em horário de pico

No pico da tarde desta terça-feira (29) a operação das linhas intermunicipais nas Regiões Metropolitanas do Estado permanece comprometida em virtude do 9º dia da greve dos caminhoneiros autônomos.

Na Região Metropolitana de São Paulo a frota em operação no pico da tarde é de 74%. De manhã a frota das concessionárias e permissionárias ficou em torno de 76%. Nessa área operam normalmente cerca de 4.500 ônibus das 550 linhas que transportam em média 1,7 milhão de passageiros por dia.

Na Região Metropolitana da Baixada Santista a frota ficou mantida nos 90%. Nessa área circulam por dia 500 ônibus em 67 linhas que transportam 200 mil passageiros diariamente.

Na Região Metropolitana de Campinas estão circulando nesta tarde 72% dos 500 ônibus que atendem 150 linhas e transportam 150 mil passageiros por dia. No pico da manhã rodaram 74% da frota programada.

Na Região Metropolitana do Vale do Paraíba/Litoral Norte as permissionárias estão operando com a mesma frota que circulou na manhã de hoje, ou seja, 81% do total de ônibus programados. Nessa área circulam diariamente 350 ônibus distribuídos em 80 linhas que transportam cerca de 75 mil usuários por dia.

Na Região Metropolitana de Sorocaba estão em operação 71% da frota e de manhã 74% dos 170 ônibus da região circularam na região. Na RMVPLN são 80 linhas que transportam diariamente 50 mil usuários.

A EMTU/SP continua acompanhando a situação nas garagens e orientou as empresas operadoras a priorizar a operação nos horários de pico e nas linhas onde há maior número de passageiros transportados.