Moradora reclama da falta de segurança na Praça Getúlio Vargas

Uma mulher que preferiu não ser identificada, que mora próxima a região da Praça Getúlio Vargas, localizada na região central, reclama da sensação da falta de segurança do local, que convive atualmente com uma grande quantidade de moradores em situação de rua, além da presença de usuários de drogas na área, de acordo a moradora.

“Já cheguei a frequentar a praça com meu filho, porém, hoje em dia não frequento mais”, revelou, afirmando que além de usuários, também teria pequenos delitos na área, além de pessoas que defecam, urinam e até realizam ato sexual no local.

A mulher que mora em um condomínio localizado na rua Felício Marcondes, afirma que já realizou diversas reclamações para a prefeitura, porém, até o momento, nada foi realizado e os problemas continuam aumentando, inclusive com moradores em situação de rua dormindo pela área e também nos estabelecimentos bancários próximo da praça.

Em reposta ao HOJE, a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, afirmou que promove ações periódicas com uma equipe de abordagem e também com uma instituição conveniada, chamada SOS São Geraldo. “Em uma destas ações na Praça Getúlio Vargas, cerca de dez usuários foram encaminhadas para o Serviço de Acolhimento Institucional Adulto Masculino (albergue). Na ocasião, a limpeza da praça fora feita pela Proguaru”.

Já na parte de segurança, a Secretaria para Assuntos de Segurança Pública irá intensificar o patrulhamento no local, com o objetivo de evitar novos delitos.