Moradores reclamam da falta de iluminação e segurança em Pet Park do Fracalanza

Os moradores da Vila Augusta, Fernando Calegare, 38, contador e o aposentado Celso Galvão, 61, que frequentam todos os dias o Pet Park no Centro Municipal de Educação Júlio Fracalanza, localizado na rua Joaquim Miranda, n° 471, no bairro da Vila Augusta, alegam que a área reservada  para os pets estaria com a falta de iluminação, água e segurança, já que haveria até a presença de usuários de drogas pelo local.

“Foi uma iniciativa bem legal da prefeitura o Pet Park, porém, está totalmente largado, só tem água até às 14h, e tudo o que foi colocado foi quebrado”, afirmou Calegare, destacando que sempre quando reclama com a administração do espaço, é a mesma desculpa. “Estamos verificando”, é somente isso que eles passam para a gente.

Outra reclamação apontada pelo contador é a falta de grama, além de apenas uma lâmpada para iluminação do espaço e brinquedos quebrados para os pets. “A lixeira muitas vezes também falta saco, e antes tinha a rampa para o cachorro treinar, porém, está quebrada”, revelou Calegare.

Outro morador que frequenta o local, o aposentado Galvão, destaca que além destes problemas, a população também não faz a parte na hora de recolher as fezes do cachorro. “Hoje, por exemplo, eu peguei umas quatro fezes aqui que não pertencia ao meu pet”, destacou.

O coordenador do Centro Municipal de educação Júlio Fracalanza, Vicente Vasconcellos, afirmou que a parte de iluminação já será providenciada na próxima semana, e que para colocar uma nova grama, terá que fechar o espaço por um mês, para poder plantar uma nova grama, além de destacar que será colocado um coletor de fezes para os pets. “Quanto a parte da segurança, todo o nosso sistema é monitorado por câmeras, e iremos instalar mais a partir da próxima semana”, destacou Vasconcellos.

Pet Park ganhará mais espaço no Fracalanza

O Pet Park do Fracalanza ganhará um segundo espaço mais amplo, para cachorros maiores, com uma área de aproximadamente 1000 metros quadrados, o local que ainda não tem previsão de inauguração, terá pista de caminhada para os pets, além de espaço até para comemorar o aniversário dos cachorros.

“Isso foi uma demanda dos moradores, que pediram para aumentar o Pet Park. Os brinquedos já estão reservados”, afirmou Vasconcellos, destacando que assim que ficar pronto esse espaço maior, irá fechar o outro Pet Park para reformas.

De acordo com Vasconcellos, mais de 100 pets frequentam o espaço durante os finais de semana.

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto