Novo prédio da Câmara na Vila Augusta deve ser entregue em 8 de dezembro

A Câmara Municipal deve ganhar novo endereço a partir do dia 8 de dezembro deste ano, data em que o município comemora seu 458º aniversário, segundo o presidente do Legislativo, vereador Eduardo (PSB). No entanto, o prazo estabelecido para a conclusão das obras que acontecem no prédio da antiga Fábrica de Tapetes Lourdes, localizada no bairro de Vila Augusta, é de 11 dias depois.

Com a obra, a Casa de Leis deve gastar até R$ 7 milhões com reformas do novo espaço. Após contestação do Ministério Público Estadual (MPE), Eduardo resolveu cancelar o processo de licitação e firmar acordo com a Proguaru para promover as adequações. Atualmente, o Legislativo gasta R$ 3 milhões por ano com o aluguel da sede no Centro.

“Acho que será entregue para inauguração no dia 8 de dezembro. As obras estão no ritmo normal”, disseo presidente da Câmara.

O imóvel foi adquirido em 2011 por R$ 14 milhões. Existe ainda a possibilidade da Secretaria Municipal de Gestão dividir a estrutura do imóvel com o Legislativo. Segundo informações obtidas pelo HOJE, os departamentos de Patrimônio e Arquivo também ocupariam o imóvel. Assim, a prefeitura economizaria aproximadamente R$ 9 mil por mês.

O contrato com a Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos (Proguaru) para a reforma do prédio da antiga fábrica de Tapetes Lourdes aconteceu em meados de dezembro do ano passado. O projeto, orçado em R$ 6.773.236,29 milhões. As obras foram iniciadas pela empresa de economia mista no mês de janeiro deste ano. Procurada, a Proguaru preferiu não revelar em que estágio se encontra a obra.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto