Segundo levantamento realizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Guarulhos perdeu 88.133 eleitores para este pleito eleitoral em relação ao processo de 2016, que elegeu vereadores e prefeitos. Ou seja, essa quantidade representa quase 10% do eleitorado apto a votar naquela ocasião, em que o município contava com 902.475. Atualmente estão aptos 814.342.

Para participar desta eleição, que elege deputados estaduais e federais, senadores e governadores, o eleitor guarulhense teve de atualizar o seu cadastro na Justiça Eleitoral através da biometria. No entanto, cerca de 90 mil eleitores não fizeram o cadastramento por meio da tecnologia e tiveram seus respectivos títulos cancelados.

De acordo com a divulgação do TSE, os eleitores que estão na faixa etária entre 45 e 59 anos corresponde a maior parte do eleitorado do município com 25,49%. Em contrapartida, jovens com até 17 anos representam menos de 1%. O estudo também revela que as mulheres, com 54%, são maioria no pleito eleitoral deste ano, assim como no processo eleitoral de 2016.

Do total de eleitores aptos a participarem do processo eleitoral a ser realizado em outubro próximo, pouco mais 320 mil possuem o ensino médio completo contra 140 mil que sequer concluíram este estágio educacional. Por sua vez, o número de analfabetos atingiu a marca de 13.341.

Entretanto, o eleitor guarulhense que não conseguiu regularizar sua situação com a Justiça Eleitoral, não terá condições de votar nas eleições de outubro. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), o processo de regularização do eleitorado que não realizou a atualização através do cadastro biométrico começa no dia 5 de novembro.

Em função do alto número de ausentes neste processo, o prefeito Guti (PSB) se reuniu com o presidente do TRE-SP, Carlos Eduardo Cauduro Padrin, e o vice-presidente e corregedor eleitoral, Waldir Sebastião de Nuevo Campos Júnior, nesta semana, na tentativa de prorrogar o prazo para o cadastramento biométrico na cidade. A proposta ainda será analisada para que possa ser inserida na pauta da Corte para apreciação dos desembargadores.

Antônio Boaventura

antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here