Inaugurado na década de 1990 durante a gestão do ex-prefeito Paschoal Thomeu (PMDB), o estádio Antônio Soares de Oliveira, no Jardim Tranquilidade, deve receber jogos noturnos a partir do próximo ano. Existe a possibilidade de que o projeto elaborado pela EDP em parceria com a Prefeitura de Guarulhos seja concluído a tempo da realização da Copa São Paulo de 2019, caso a cidade seja confirmada como sede da competição pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

Para viabilizar a realização de jogos no período noturno, a concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica no município pretende instalar quatro torres de iluminação no estádio que recebe jogos de Guarulhos GRU e Flamengo, clube que tem a concessão de uso da área desde outubro de 1980 por tempo indeterminado. De acordo com o Cadastro Nacional de Estádios de Futebol (CNEF), o estádio tem capacidade para receber 6 mil torcedores por partida.

“Já começamos os estudos e fizemos a visita técnica no começo de julho. Mas, ainda estamos fazendo o estudo para maior viabilidade do processo. O projeto é para instalar os refletores”, disse, Giuliano Vieira, diretor operacional da EDP em Guarulhos.

Presidente do Flamengo, Edson David Filho entende que a iniciativa deve ser atrativo para melhorar a média de público dos clubes, que não chega a 400 torcedores por partida. “Em relação ao público vai ser bom por conta da novidade, até por que temos um problema em relação à feira-livre durante o dia, que, de certa forma, atrapalha”, explicou.

Para Ricardo Agea, presidente do Guarulhos GRU acredita que a proposta deve beneficiar os clubes, principalmente em relação ao calendário. “Isso é o que a cidade precisa para resolver problemas de calendário e na Copa São Paulo, principalmente em relação ao público no estádio”, declarou Agea.

Apesar da confirmação da EDP em relação à instalação dos refletores no estádio municipal, a prefeitura, por meio de sua assessoria de imprensa, nega que esteja acompanhando o projeto. A administração pública informou que qualquer proposta de melhorias na estrutura do local é de responsabilidade do Flamengo.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here