Desembargador do TJ-SP se apresenta em show musical beneficente na FIG

A música foi o instrumento que José Carlos Xavier de Aquino, desembargador decano do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), encontrou para promover ações beneficentes cujo propósito é o bem estar social do próximo. Como Zeca Aquino, assim conhecido no mundo artístico, ele se apresenta no próximo dia 23 no anfiteatro Guimarães Rosa, do Centro Universitário FIG – Unimesp, localizada no bairro de Vila Rosália.

“A parte musical surge como um hobby que me satisfaz. Nasci na Vila Clementino e cheguei a uma parte da minha vida que não quero ter mais, eu quero ser, quero ajudar as pessoas. Visitei a Associação Cruz Verde, da qual hoje sou conselheiro e é mantida por voluntários. As crianças anencefálicas são abandonadas e o coração ainda bate, mesmo sem ter cérebro. Uma forma de ajudar é destinar a renda proveniente da venda dos CDs para a associação”, contou Aquino.

Formado pela Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie, ele ingressou no Ministério Público de São Paulo (MPE-SP) como promotor substituto da 51ª Circunscrição Judiciária, com sede em São Caetano do Sul, no ano de 1975. Também trabalhou como promotor das comarcas de Suzano, Palmeira D’Oeste, Santa Izabel e na Capital. Foi promovido, em 1985, ao cargo de procurador de Justiça.

Atuou também como assessor da Secretaria de Administração e da Secretaria da Segurança Pública, ambas do Estado de São Paulo. Também foi conselheiro estadual de Política Criminal e Penitenciária. Assumiu o cargo de juiz do Tribunal de Alçada Criminal em 1993, pelo critério do 5º Constitucional. Em 1999 foi promovido a desembargador do TJSP.

O músico Zeca Aquino dedica seu trabalho a entidades beneficentes, tais como Associação Cruz Verde e Casa de Dom Inácio. A primeira, da qual é conselheiro, cuida de crianças com paralisia cerebral, a segunda, praticamente, sustenta a cidade de Abadiânia no interior de Goiás, sob a batuta do curandeiro João de Deus.

“É um ganho muito legal para Guarulhos. Este maravilhoso compositor, que tem várias composições gravadas por vários nomes da música brasileira, e que também é um desembargador decano do TJ-SP, vem para abrilhantar este dia. E a FIG-Unimesp vai unir o útil ao agradável”, declarou o escultor Gilmar Pinna. Nesta quinta (9), foi fechada parceria para a apresentação do desembargador com a FIG-Unimesp e o jornal Guarulhos HOJE.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto