A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (9/8), no Aeroporto Internacional de São Paulo, uma mulher que despachou bagagem para voo com destino ao Irã, na quarta-feira (8/8), contendo substância suspeita e não compareceu para o embarque.

Funcionários retiraram da aeronave a bagagem da passageira que realizou o check-in, porém, não realizou o embarque. A Mulher, nacional da Bolívia e 45 anos de idade, compareceu somente no dia seguinte (9/8) quinta-feira, ao aeroporto.

Servidores da Receita Federal, com o auxílio do raio-x, identificaram substância orgânica nas laterais da mala, motivo pelo qual acionaram a PF. A passageira, proprietária da mala suspeita, foi detida e conduzida à delegacia da PF para acompanhar a realização dos exames periciais em seus pertences. Os peritos federais localizaram, nas laterais adulteradas, 12 volumes contendo um pó, cujos testes preliminares deram positivo para cocaína.

Em depoimento, a suspeita disse que a bagagem sempre esteve em sua posse e desconhecia a existência da droga. Ela ingressou no país por via fluvial, e teve seu embarque negado por não possuir visto para o Irã. A suspeita recebeu voz de prisão por tráfico internacional de drogas.

A presa será conduzida ao presídio feminino da capital, onde permanecerá à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here