Guarulhos atinge recorde histórico de 78,18 na condicionalidade da saúde do Bolsa Família

Guarulhos atingiu o recorde histórico de 78,18% no acompanhamento das condicionalidades da saúde das famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF). Ou seja, das atuais 34.017 famílias inscritas no programa que necessitam realizar este acompanhamento, 26.593 estão sendo acompanhadas.  Em 2017, o índice foi de 68,34% e em 2016, 41%.

Além disso, Guarulhos superou a meta estadual que atingiu 65,99% e também a meta nacional que ficou em torno de 77,16%. Entre os municípios do Estado, Guarulhos se destacou por superar grandes cidades como São Paulo (61,25%), Campinas (52,94%), Santo André (39,92%), Guarujá (36,37%), Suzano (41,51%) e São José dos Campos (59,26%).

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social (SDAS), o aumento se deve ao fortalecimento da parceira entre a Divisão Administrativa de Gestão do Programa Bolsa Família e a Secretaria de Saúde, que têm realizado o trabalho conjunto, focando nas famílias beneficiárias do programa.

A SDAS ressalta também ainda a importância da ampla divulgação sobre a importância deste acompanhamento, seja no site da Prefeitura de Guarulhos, cartazes nas unidades de atendimento do Cadastro Único, CRAS, Escolas e UBS, além da convocação das famílias através de ligações telefônicas e envio de SMS.

Acompanhamento

Para a realização do acompanhamento, as famílias devem procurar a UBS de referência e informar que são beneficiarias do Programa Bolsa Família. Além disso, as crianças de até 7 anos devem ser vacinadas, pesadas e medidas para checagem do crescimento e desenvolvimento. Já famílias compostas por gestantes, necessitam informar a gravidez e realizar o acompanhamento pré-natal nas unidades de saúde.

As famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família têm de manter seus dados atualizados, de preferência anualmente, declarando de forma correta a UBS de referência, bem como telefone para contato. Os dados desatualizados impedem que a Secretaria de Saúde e a Central do Cadastro Único realizem o contato com as famílias para efetivarem os acompanhamentos.