Campanha da Pólio e Sarampo termina na próxima semana em Guarulhos

A Campanha contra a Poliomielite e o Sarampo termina no próximo dia 31, mas na cidade aproximadamente 35 mil crianças entre 12 meses até quatro anos, 11 meses e 29 dias (menores de cinco anos) ainda não foram imunizadas contra essas doenças. No último sábado (18), todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) abriram das 8h às 17h, no Dia D de Mobilização Nacional, e contaram com o apoio do Rotary Clube, que confeccionou faixas, cartazes e até certificados de coragem, que foram distribuídos a todos que tomaram as vacinas.

No entanto, assim como a maioria das cidades do país, Guarulhos ainda não atingiu a meta de imunizar pelo menos 95% do público-alvo da Campanha, que corresponde a 71.298 crianças nessa faixa etária na cidade. Desde o início da vacinação até o momento 42.035 doses da pólio e 40.530 de sarampo foram administradas na cidade, o que corresponde a uma cobertura vacinal de 56,01% e 54% respectivamente.

Embora o Brasil esteja livre da poliomielite desde 1990, graças aos esforços das campanhas de vacinação iniciadas na década de 80, a doença permanece endêmica em três países: Afeganistão, Nigéria e Paquistão. No caso do sarampo – uma doença infecciosa transmissível extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbito, especialmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade – o país enfrenta surtos nos estados de Roraima e Amazonas.

Por isso, é necessário ampliar a cobertura vacinal, uma vez que a grande circulação de pessoas em viagens nacionais e internacionais pode aumentar o risco de reintrodução do vírus da pólio no Brasil. Já a vacinação contra o sarampo tem por objetivo preservar o estado de eliminação dessa doença no país.

Foto: Ivanildo Porto