Neste domingo de eleição, “santinhos” tomam conta das vias guarulhenses

Antônio Boaventura
Em disputa com tráfego intenso de veículos, o guarulhense teve neste domingo (07) que dividir as vias guarulhenses, em especial, aquelas que abrigam os colégios eleitorais da cidade, com os santinhos dos candidatos a diversos cargos eletivos a nível estadual e nacional. Eleitores reclamaram da sujeira e da insegurança que os papeis no chão podem causar.
O HOJE visitou diversos pontos de colégios eleitorais da cidade e pode constatar a presença implacável dos famosos e tradicionais “santinhos” de diversos candidatos, que de acordo com a legislação eleitoral é crime e cabe multa, a ser estipulada, para quem pratica o ato e também para o candidato detentor do material.
“Acho muito ruim e tampa os ralos das ruas, até por que caso possa chover entope as calhas e inunda as ruas. A pessoa está numa calçada, escorrega e pode quebrar uma perna, um braço e pode causar transtornos para a prefeitura e o munícipe”, disse o aposentado João Marcelino, 68 anos.
Desde às 22h do último sábado (06) ficou proibida a propagação de qualquer manifestação eleitoral, inclusive na rede social, além do despejo de santinhos no entorno dos colégios eleitorais. Caso seja constatada esta irregularidade, o postulante aos cargos eletivos pode ser multado por propaganda irregular, valor que varia entre R$ 2 mil a R$ 8 mil, e podem responder criminalmente.
“Falta sensibilidade as pessoas que elegem estes porcalhões. A população poderia deixar de votar nestes candidatos, que jogam os papéis nas ruas e largam por aqui. Isso sem falar que alguma pessoa pode escorregar e causar um grave acidente”, disse o comerciante Augusto Cardoso, 66 anos.