Guarulhos apresenta maior saldo em empregos formais desde 2014

A cidade de Guarulhos apresentou de janeiro a agosto deste ano, um incremento de 3.252 novos postos de trabalho, registrados em Carteira de Trabalho. Este foi o maior saldo desde 2014, considerando o mesmo período dos últimos anos. O balanço, que aponta saldo positivo na geração de empregos formais, foi apresentado nesta segunda-feira (15), na 10° edição do Relatório Conjuntural do Mercado de Trabalho, realizado pela Secretaria do Trabalho, com base nos dados fornecidos pelo Ministério do Trabalho.

Segundo o relatório, a ampliação ocorreu tanto para homens quanto para mulheres, com 2.048 e 1.204 vagas respectivamente. Para os jovens aprendizes a evolução foi de 218 para homens e 185 para mulheres. Em todos os recortes, a situação se apresenta favorável em relação a janeiro a agosto de 2017. O maior número de contratações verificadas beneficiou trabalhadores com ensino médio completo.

De acordo com a Classificação Nacional da Atividade Econômica do IBGE, os setores de transporte, armazenagem e correio, saúde humana e serviços sociais, e atividades administrativas e serviços complementares foram os que apresentaram os maiores saldos nos oito meses de 2018.

Neste mesmo período, 43.963 guarulhenses buscaram o benefício do seguro-desemprego devido ao desligamento no mercado formal. Desses, 56,7% estavam trabalhando a mais de dois anos em seus vínculos.

O Observatório do Trabalho de Guarulhos está disponível em:  https://goo.gl/ZHybE1