Corpo de Gil Gomes será sepultado em Guarulhos na manhã desta quarta-feira

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

O corpo do comunicador e radialista Cândido Gil Gomes Júnior, conhecido como  Gil Gomes, 78, será sepultado no cemitério Vertical, localizado na avenida Rio de Janeiro, n° 1861, na Vila Bremen, região da Vila Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira (17), às 10h. O velório acontece às 18h desta terça-feira (16), na Capela Obelisco, na Vila Mariana em São Paulo.

O jornalista morreu na madrugada desta terça-feira (16), quando estava internado no Hospital São Paulo. Gomes já lutava contra o mal de Parkinson desde o seu diagnóstico em 2005 e também enfrentava um câncer no fígado, de acordo com a nota divulgada pelo SBT. Na noite desta segunda-feira (15), o radialista estava passou mal na própria casa, localizada no bairro do Jardim da Saúde, na zona Sul de São Paulo, sendo socorrido por uma equipe do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) e encaminhado para o pronto-socorro do Hospital São Paulo, que confirmou a morte do jornalista.

Em nota divulgada, o SBT destacou a estreia de Gil Gomes na televisão em 1991, no programa Aqui Agora, voltado a reportagens policiais, entrevistando criminosos nas delegacias e também abordando vítimas em comunidades e regiões carentes. “Entre reportagens de destaque, Gil esteve na Casa de Detenção um mês após o ‘massacre do Carandiru’ em 1992, mostrando os vestígios do local, e fez a primeira entrevista com o Bandido da Luz Vermelha após este sair da prisão depois de 30 anos”, destacou a emissora.

Gomes era casado com Eliana Izzo e deixa cinco filhos, Flávia, Nathalie, Daniel, Vilma e Guilherme. Um dos filhos do radialista, Daniel Gil Gomes, mora em Guarulhos, onde trabalha como psicólogo e tem um consultório no Jardim Santa Francisca.

O radialista trabalhou no SBT,  foi repórter do programa Mulheres, na TV Gazeta, além de trabalhar na TV Record, Rede TV e também nas rádios Globo e Marconi, onde em um incidente na década de 1960, o fez denunciar um caso de agressão sexual no prédio em que trabalhava. Gil Gomes nasceu em São Paulo, no bairro da Mooca e começou a carreira como locutor esportivo.

Foto: Divulgação SBT