Em 90 dias, mais de 160 motoristas são flagrados sob efeito de álcool em Guarulhos

Em 90 dias, 161 motoristas foram autuados por embriaguez ao volante em Guarulhos, após diversas blitz realizadas pela cidade. Os números foram divulgados pela Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU), e no mês de agosto, foram autuados 52 motoristas, seguido por 58 em setembro e 51 neste mês, após blitz realizada neste último final de semana.

Durante a terceira edição da Blitz Integrada da Lei Seca Tolerância Zero, realizada na sexta-feira (20), a ação contou com a integração entre membros da STMU, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar Rodoviária, Polícia Militar, Detran e Guarda Civil Municipal (GCM). Ao todo aconteceram  seis pontos de fiscalização. O trabalho contou com 69 participantes entre policiais, guardas civis e agentes de trânsito.

Foram fiscalizados 593 veículos, com 51 autuações por embriaguez ao volante, um motorista detido em flagrante, e também outro indivíduo detido em flagrante pelos crimes de roubo, desobediência e embriaguez ao volante com lesão corporal, 31 carteiras de habilitação apreendidas, seis documentos retidos por irregularidades, sete veículos levados para o pátio e mais 38 autuações diversas.

A ação contou novamente com os chamados bafômetros passivos, que são o diferencial da operação. Eles otimizam a fiscalização com a realização de até seis testes por minuto. Também aconteceu farta distribuição de material informativo sobre a Lei Seca.

O único incidente aconteceu no início da madrugada de sábado (21), quando um veículo de modelo Toyota/Corola,  com placa de Belo Horizonte/MG, foi parado por policiais rodoviários federais no Km 223 Norte da Rodovia Presidente Dutra. Mas o motorista desobedeceu a ordem e fugiu em alta velocidade pela pista local. As viaturas que estavam na operação iniciaram a perseguição e dois quilômetros à frente, o Toyota colidiu contra a traseira do  GM/Onix, também de Belo Horizonte/MG, que acabou capotando.

O Toyota, em razão das avarias, ficou parado a cerca de 200 metros. O motorista fugiu, mas acabou detido por um policial rodoviário e confessou que o carro foi roubado próximo da Avenida Tiradentes. O suspeito foi encaminhado para a Seccional de Guarulhos onde, posteriormente, foi reconhecido pela vítima (dono do carro) e teve sua prisão em flagrante decretada pelos crimes de roubo, desobediência e embriaguez ao volante, seguido de lesão corporal.

As vítimas do acidente foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e da Concessionária Nova Dutra e encaminhadas aos hospitais da região com ferimentos leves.