Parceria com Governo do Estado viabiliza ampliação da Cummins em Guarulhos

Na tarde desta segunda-feira, dia 22, o prefeito Guti recebeu no gabinete do Paço Municipal o presidente da Cummins do Brasil, Luis Pasquotto, para a assinatura de documento que marca a entrada da empresa no Pró-Veículo – Programa de Incentivo ao Investimento pelo Fabricante de Veículo Automotor, iniciativa do Governo do Estado, possibilitando a ampliação dos negócios da companhia no município.

O projeto prevê um investimento total de R$ 239.835.781,35.  Com o incentivo fiscal – serão R$ 129.788.526,14 em créditos acumulados de ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) – à empresa, que possui planta em Guarulhos, em Cumbica, vai gerar cerca de 132 empregos e poderá modernizar sua planta, oferecendo ainda maior capacitação dos recursos humanos, além de investir no desenvolvimento sustentável e tecnológico da região na qual opera. A companhia também deve produzir motores a diesel com menor emissão de gases poluentes e iniciar novos produtos e modelos de negócio com motores elétricos.

“Estamos fazendo algo extraordinário junto ao Governo do Estado. O incentivo fiscal para a Cummins, uma das empresas com mais consciência social do município, para que ela amplie seus negócios de maneira sustentável e crie mais empregos em Guarulhos, é algo que nos deixa com muito orgulho. Temos que agradecer à empresa por acreditar em nossa cidade”, disse o prefeito Guti.

O presidente da Cummins do Brasil, Luis Pasquotto, lembrou que desde o início desta gestão, o governo municipal se aproximou das empresas da cidade. “Gostaria de parabenizar o Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura de Guarulhos. Temos muito orgulho de estar no município desde 1964 e hoje empregamos cerca de 2.300 pessoas. Esse estímulo fará com que a gente continue trazendo pra cá produtos de ponta que irão melhorar no nosso meio ambiente. Esse é o caminho para o desenvolvimento do Brasil”, realçou.

Também estiveram na reunião de assinatura o secretário de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação, Rodrigo Barros, e o secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo, Gustavo Sartori, e o secretário de Justiça, Airton Trevisan.