Nesta segunda-feira (05), até o dia 13 deste mês, a Anhanguera de Guarulhos vai sediar a tradicional competição de robótica, com os mesmos padrões e regras internacionais da Robot Fighting League “Standard Ruleset, competição norte americana que é referência mundial. A 16ª edição da Guerra de Robôs terá como tema DestroyBots O Mundo sombrio das máquinas e ainda contará com combates eletrizantes de mais de 180 máquinas preparadas para destruir seus oponentes em quatro categorias: Robô de Combate com Fio até 9 kg; Robô de Combate sem Fio até 12 Kg; Robô Grua Móvel com Fio até 12 Kg; e Robô de Combate Destroyer Featherweight, inspirado na famosa competição norte americana BattleBots.

Nessa última categoria, 100 robôs controlados sem fio (wireless), com dimensões de até 50cm x 60cm x 50cm e peso de até 13,6 quilos, utilizarão armas como lança chamas, serra elétrica, rolo compressor, disco de corte, lâminas giratórias, dentre outros dispositivos para disputar cada combate com força, estratégia e agilidade em uma arena retangular e de superfície lisa com 2,8 metros de comprimento.

Outra categoria que agita o evento é o Robô de Combate com fio. (dimensões de 40cm x 40cm x 40cm e peso de até 9 quilos). As máquinas utilizarãoarmas de baixo poder de destruição (sistemas de alavancas com controles pneumáticos ou eletropneumáticos) para derrotar o adversário. Já na categoria Robô Combate sem Fio, as máquinas, com dimensão de até 45cm x 45cm x 45cm e peso de até 12 quilos, usarão armas de baixo poder de destruição (sistemas de alavancas com controle por motores elétricos) para tirar o oponente da arena.

“Todas essas atrações serão transmitidas ao vivo via streaming na página https://www.facebook.com/destroybots/, com seis câmeras exclusivas”, avisa o coordenador dos cursos de Engenharia da Anhanguera de Guarulhos, professor Wagner Marques Rossini.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here