Antônio Boaventura

antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

O secretário de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação (SDCETI), Rodrigo Barros, revelou nesta quarta-feira (28) que a implantação do Parque Tecnológico de Guarulhos, em Cumbica, está prevista para o ano de 2020. Ou seja, último ano da gestão do prefeito Guti (PSB). O credenciamento do Parque junto ao governo do estado foi concretizado no final do mês de agosto.

O local poderá abrigar institutos de pesquisa, empresas de diversos ramos, como tecnologia, logística e da indústria farmacêutica, além de estrutura comercial de serviços, escritórios acadêmicos e moradia temporária que poderá acomodar pesquisadores. A intenção da SDCETI é que, uma vez confirmado o credenciamento, seja iniciado o processo de chamamento público de empresas para a continuidade do projeto do Parque Tecnológico.

“Em 2019 vamos desenvolver o estudo de viabilidade do Parque Tecnológico. O estudo vem em quatro formatos: jurídico, operacional, arquitetônico e financeiro. Estamos conversando com grandes empresas que possam desenvolver esse estudo. A nossa preocupação é fazer com que o Parque tenha integração com a malha urbana”, disse Barros, durante audiência pública na Câmara

O credenciamento provisório, válido por quatro anos, é condição necessária para que a entidade gestora do Parque possa ter acesso a apoio institucional ou financeiro da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação Estadual, mediante a apresentação de propostas específicas relativas a estudos de possíveis empreendimentos.

“Nós conseguimos investimento privado e fizemos projetos, que é uma condição para o credenciamento do Parque e oficializamos o seu credenciamento”, observou.

Foto: Ivanildo Porto 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here