Cobra é encontrada por funcionário do Aeroporto de Guarulhos próximo ao Terminal 2

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

No inicio da manhã desta quinta-feira (31),às 6h, um funcionário foi pego de surpresa enquanto se dirigia para trabalhar no Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos, já que no canteiro que dá acesso ao Terminal 2 do aeroporto, após sair da rodovia Hélio Smidt, ele se deparou com uma cobra no local.

No momento em que viu a cobra para atravessar e seguir ao aeroporto, o funcionário que preferiu não ser identificado, alegou apenas que tirou a foto e a cobra continuou no local. “Provavelmente as rondas aeroportuárias devem ter recolhido, porque já ocorreu em outras ocasiões”, destacou.

Nesse canteiro que dá acesso ao Terminal 2, o mato já está começando a crescer, mas o funcionário alega que a situação da falta de zeladoria no aeroporto vem se agravando. “Está largado, a gente solicita manutenção e não fazem nada. A gente já viu cobra, lagarto e aranha”, destacou. Outro ponto que também estaria sofrendo sem zeladoria, é parte dos galpões do outro lado do sítio aeroportuário, localizado no km 5 da rodovia Hélio Smidt, sofrendo inclusive com alagamentos nas últimas fortes chuvas.

Em entrevista telefônica ao HOJE, o especialista em répteis e biólogo Paulo Bernarde, professor da Universidade Federal do Acre (UFAC), destacou que o nome da espécie da cobra na foto é Oxyrhopus guibei, uma das mais de 20 espécies falsas de cobra coral. “Ela não é venenosa, sendo comum nas regiões Sul e Sudeste do país, podendo chegar a um metro de comprimento”, revelou.

De acordo com o biólogo, além das mais de 20 espécies falsas de Corais, no Brasil também há 35 espécies de cobra Coral. “Essa espécie encontrada no aeroporto exerce atividade noturna e se alimenta geralmente de lagartixa na fase menor, porém, quando maior, se alimenta principalmente de ratos”, destacou.

Em nota, a concessionária do aeroporto, o Gru Airport, informou que não houve registro de animais. “O GRU Airport informa que não houve registro de presença de animais nas áreas do aeroporto nesta quarta-feira, 30 de janeiro. Acrescenta, ainda, que mantém responsáveis pelo meio ambiente em observação constante nas regiões de responsabilidade da concessionária”.

Foto: Divulgação