Antônio Boaventura

boaventura.guarulhoshoje@gmail.com.br

Relatório da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp/Ciesp) aponta que Guarulhos perdeu quase 3 mil postos de trabalho nos últimos 12 meses. Expectativa, segundo as entidades, é de que o saldo na criação de vagas de emprego na indústria neste ano seja negativo, que aposta na aprovação das reformas fiscal e da previdência para melhora da atividade econômica.

“A geração de emprego foi fraca no 1º semestre, ficando abaixo das nossas expectativas. Esse resultado sinaliza que a indústria paulista deve ter fechamento líquido de vagas no ano de 2019”, observou o 2º vice-presidente da entidade, José Ricardo Roriz.

O nível de emprego industrial em Guarulhos apresentou resultado praticamente estável no mês passado. A variação ficou em 0,06%, o que significou um pequeno aumento de aproximadamente 50 postos de trabalho. Nos primeiros seis meses, o acumulado foi de 0,81%, índice que representa a ocupação de 750 vagas.

Nos últimos 12 meses, o acumulado é de -2,94%, representando uma queda de aproximadamente 2.850 postos de trabalho. Já no estado de São Paulo a indústria perdeu 13 mil espaços profissionais em relação a maio deste ano. Mas, foram abertas outras 2.500 vagas.

O resultado no mês anterior foi influenciado pelas variações positivas de produtos de borracha e de material plástico (1,23%), além de veículos automotores e autopeças (0,40%), que foram os setores que mais influenciaram o cálculo do indicador desta área. Contudo, o setor apresentou resultado negativo na produção de máquinas e equipamentos (-7,72%) e metalurgia (-2,47%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here