Ação ambiental recolhe mais de mil bitucas de cigarro no Bosque Maia

Durante algumas horas caminhando pelo Bosque Maia com olhos atentos a todos os cantinhos do parque, voluntários da organização Mundo sem Bitucas, em parceria com a equipe do programa Lixo Zero da Prefeitura de Guarulhos, formaram a “montanha da vergonha” com a coleta de 1.118 bitucas de cigarro descartadas irregularmente no local.

Bitucas podem parecer inofensivas, mas na verdade trazem diversos prejuízos à saúde e ao meio ambiente, como explica Celi Pereira, chefe de divisão técnica de Educação Ambiental da Secretaria de Serviços Públicos (SSP). “Jogadas por toda parte, as bitucas causam vários impactos socioambientais em nosso planeta, contribuindo com enchentes, entupimento de bueiros, queimadas, morte de animais e com a contaminação do solo e da água. Cada bituca demora em média cinco anos para se decompor”, afirma.

Uma nova edição de caça às bitucas será realizada na última semana de agosto e a programação será divulgada em breve. Em Guarulhos, a ação é organizada pela Secretaria de Serviços Públicos.

Resultado nacional

Realizada simultaneamente em 20 cidades do país, a ação resultou em mais de 39 mil bitucas coletadas de forma colaborativa com o apoio de 146 voluntários.