Prefeitura remove construções irregulares na beira do córrego Popuca

O trabalho da Prefeitura na remoção de construções irregulares em áreas públicas, de risco ou de proteção ambiental continua. Na manhã desta quinta-feira (1º) houve a remoção de 20 casas de alvenaria e madeiras para garagens da beira do córrego Popuca, uma área de proteção permanente (APP) localizado na avenida Lindomar Gomes de Oliveira, em Cumbica.

Funcionários do Departamento de Acompanhamento e Controle de Ocupações Irregulares (Dacoi) da Secretaria de Justiça, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Regional Cumbica da Secretaria de Serviços Públicos, estiveram no local para remover algumas construções em madeira e alvenaria não habitadas.

A operação teve por finalidade a desobstrução das margens para a entrada de máquinas que farão a limpeza do córrego. As construções foram demolidas e o entulho removido.

As APPs têm como função preservar recursos hídricos, a fauna, a flora, a biodiversidade e o próprio solo, evitando assim transtornos para o ser humano. São consideradas APPs as margens de cursos d’água (rios, córregos, nascentes, lagos, lagoas), topo de morros, montes, montanhas e encostas. São áreas que possuem requisitos ambientais relevantes ou que possam apresentar risco à população.