Polícia Civil localiza partes de possível ambulância utilizada no roubo milionário do Aeroporto de Guarulhos

Policiais civis do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), localizaram nesta sexta-feira (02), na cidade de Ferraz de Vasconcelos, região metropolitana de São Paulo, partes da possível ambulância que teria sido utilizada pela quadrilha responsável pelo de 718,9 kg de ouro no Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos em Cumbica.

De acordo com a nota divulgada pela polícia, o material estava abandonado em um matagal na zona rural do município. As peças devem passar por perícia e na quinta-feira (01), a Justiça decidiu prorrogar a prisão temporária dos três homens investigados no roubo. A polícia acredita que ao menos dez pessoas tenham participado do crime.

O roubo da carga ocorreu no dia 25 do mês passado, no Terminal de Cargas do aeroporto, quando um grupo de oito pessoas fortemente armadas entrou no terminal com duas viaturas clonadas da Polícia Federal (PF), e obrigaram os funcionários do aeroporto a transferir o ouro para as caminhonetes.

A carga que estaria dividida em 31 malotes, tinha como destino os Estados Unidos e o Canadá, e um dos detidos é o próprio funcionário do aeroporto que teria afirmado em depoimento que teve a família mantida como refém, porém, de acordo com a polícia, o suspeito teria entrado em contradição durante o depoimento.