Frio pode ser a causa da morte de morador em situação de rua no Macedo

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

As baixas temperaturas em Guarulhos podem ter causado a morte do morador em situação de rua André Neves de Jesus, 73, encontrado morto por policiais militares às 6h desta segunda-feira (05), na rua Marajó, no bairro do Macedo, de acordo com o boletim de ocorrência registrado como morte natural no 1° Distrito Policial, localizado na região central.

Os policiais militares que atenderam a ocorrência acionaram o Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu), que constatou a morte no local. Segundo a polícia, uma testemunha informou que o homem morava com familiares, porém, às vezes saia de casa e ficava na rua. Foi solicitado exame necroscópico da vítima ao Instituto Médico Legal (IML).

Em nota, a prefeitura informou que ainda não houve caso de morte registrado em decorrência do frio. “Com relação ao óbito da madrugada desta segunda-feira, de acordo com o boletim de ocorrência, no primeiro contato, foi informada a constatação pelo Corpo de Bombeiros, parada cardiorrespiratória, não podendo ainda concluir se a causa do óbito foi o frio. Estamos aguardando o resultado da necropsia”.

Além dessa ocorrência, a administração municipal também revelou que um caso onde um homem de nome José foi identificado em estado hipotérmico e encaminhado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim São João, onde recebeu o tratamento adequado e teve alta logo em seguida.

Neste final de semana, a menor temperatura registrada na cidade foi de 7°C, e 60 moradores em situação de rua procuraram o Serviço de Acolhimento Institucional. Desde o inicio da Operação Inverno, no dia 3 de junho, a prefeitura já recebeu 219 acionamentos.

Foto: Ivanildo Porto