Polícia Civil ainda aguarda laudo para identificar causa da morte de casal e criança no Bonsucesso

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

A Polícia Civil ainda continua aguardando o laudo para identificar a causa da morte do casal e da criança, que foram encontrados mortos dentro da residência no bairro do Bonsucesso. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do estado de São Paulo (SSP), o exame necroscópico foi realizado, porém, a polícia ainda aguarda o resultado do Instituto Médico Legal (IML), dos exames Toxicológico e anatomopatológico.

As vítimas são Uildes Lima Moreira, 27, a mulher, Gilnara Pinheiro de Jesus e o filho, Brenno Pinheiro, 2. A polícia suspeita que os três morreram após inalar a fumaça de uma churrasqueira, que estava no quarto quando as vítimas foram encontradas, já que na residência não havia nenhum sinal de violência.

O boletim de ocorrência foi registrado no 7° Distrito Policial, localizado no bairro do Jardim São João, como morte suspeita. O casal morava na rua Piau, no bairro do Bonsucesso há apenas um mês e o caso ocorreu no dia 9 do mês passado, após o dono da residência acionar a Polícia Militar, já que há dois dias não tinha visto mais os vizinhos.

Os corpos foram enterrados no dia 13 do mês passado, no Cemitério Novo Sítio, na cidade de Ipiaú, no sul da Bahia. A polícia acredita também que o casal acendeu a churrasqueira para espantar o frio. Lima foi encontrado na cama ao lado do filho, enquanto Gilnara estaria deitada ao chão ao lado da cama.

Foto: Reprodução Rede Social