Número de policiais militares em Guarulhos é o menor nos últimos dez anos

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Com apenas 1.348 policiais militares atuando na cidade, o efetivo neste ano é o menor em relação aos últimos dez anos, de acordo com dados obtidos pelo HOJE através da Lei de Acesso à Informação. O número de policiais neste ano em Guarulhos corresponde até o dia 7 do mês de junho, de acordo com a PM.

Nos anos de 2010 e 2011, a cidade terminou com um efetivo de 1.575 policiais, chegando a aumentar em 2012, para 1.711, porém, depois deste período o número apenas caiu ou quando cresceu, teve um aumento de apenas nove soldados, como ocorreu em 2016. Se for relacionar somente entre o ano passado e o atual período, a queda no número de policiais é de 8%, passando de 1.466 para 1.348 policiais.

O presidente da Associação dos Oficiais Militares do estado de São Paulo (Defenda PM) e diretor legislativo da Federação Nacional de Oficiais Militares, coronel  Elias Miler da Silva, 62, destacou em entrevista a reportagem que o problema na falta de policiais ocorre em todos estados, em alguns casos, a defasagem chega a  50% entre PM, Polícia Civil e Polícia Cientifica.

“Os estados estão falidos e não tem condições. Para repor um efetivo de 1.000 homens, o gasto estimado é de R$ 1 bilhão entre edital, concurso e formação”, destacou alegando que na falta de profissionais é necessário que a polícia utilize mais tecnologia e gestão principalmente nas ocorrências de menor potencial.

“Atualmente a polícia em São Paulo gasta em média de seis a dez horas para realizar um boletim de ocorrência por tráfico de drogas. Esse modelo policial nosso é anacrônico”, informou destacando que nas ocorrências de menor potencial, a polícia precisar resolver a situação no local dos fatos.

SSP afirma que atual gestão investe na ‘valorização e ampliação policial em todo o estado’

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do estado de São Paulo (SSP), afirmou que há concursos em andamento para o preenchimento de 5.590 vagas, sendo 5.400 para soldados e 190 para alunos-oficiais. “A atual gestão investe incessantemente na valorização e ampliação policial em todo o Estado. O Governo do Estado também destinou R$ 136 milhões para a compra de 1.736 viaturas para a PM. Elas serão distribuídas para todas as regiões de São Paulo”.

A reportagem entrou em contato com a PM solicitando uma entrevista com o atual secretário da SSP, João Camilo Pires de Campos, porém, a PM apenas enviou uma nota no inicio deste mês, informando a queda nos índices criminais do Comando de Policiamento de Área Metropolitana Sete (CPA/M7), responsável pelo patrulhamento em Guarulhos.

Segundo a nota, houve redução de 22,4% nos casos de homicídios dolosos, além de redução de 52% no roubo de carga e uma queda de 18,4% nos furtos de veículos. Além de receber 34 viaturas novas no mês passado, neste mês de agosto, a previsão é que a PM na cidade receba mais dez viaturas.

“Em Santa Catarina, um acidente de trânsito é resolvido pela polícia em no máximo dez minutos, porém, em São Paulo isso dura até quatro horas. “Em Rondônia, em casos menores, como tráfico de drogas, o indivíduo já sai intimado do local do crime, tudo feito por policiais militares pelo tablet através de um programa online”, concluiu Silva.

Confira os números de policiais militares em Guarulhos durante o período de 2010 até 2019:
2010: 1.575 policiais
2011: 1.575 policiais
2012: 1.711 policiais
2013: 1.628 policiais
2014: 1.549 policiais
2015: 1.530 policiais
2016: 1.539 policiais
2017: 1.518 policiais
2018: 1.466 policiais
2019: 1.348 policiais
** Os dados deste ano, foram atualizados até o dia 7 de junho.

Foto: Divulgação