Setor Homicídios prende sobrinho acusado de assassinar professora no Gopoúva

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Na tarde desta sexta-feira (06), policiais civis do Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa de Guarulhos (SHPP), prenderam na região da Vila Galvão, Lucas dos Santos Rocha, 29, suspeito de assassinar a própria a tia, a professora da rede estadual Josefa Tânia Ferreira da Rocha, 58,no bairro do Gopoúva.

Segundo a Polícia Civil, no momento da prisão de Rocha, o suspeito não tentou fugir e teria confessado a participação no crime. O acusado já teve a prisão temporária de 30 dias decretada, onde deverá cumprir no 1° Distrito Policial, localizado na região central, podendo ser prorrogada para preventiva.

A polícia informou que Rocha teria estrangulado a própria tia com um cabo USB. O suspeito já teria antecedentes criminais por roubo e furto, e também seria usuário de cocaína. O crime ocorreu no dia 2 do mês passado, quando o corpo da professora foi encontrado por um vizinho dentro da própria residência, localizada na rua Otacílio Malheiros, no bairro do Gopoúva.

Segundo uma testemunha, a porta da casa da vítima estava aberta, e teriam sido levados da professora, o aparelho celular, uma televisão e o veículo, de modelo Toyota Etios. O carro foi encontrado pela polícia abandonado na rua Boa Memória, no bairro do Jaçanã, na zona norte de São Paulo.

A vítima era solteira e morava sozinha. Imagens de câmeras de segurança teriam flagrado o sobrinho abandonando o veículo no Jaçanã. De acordo com a Polícia Civil, os objetos roubados, como o celular e a televisão, teriam sido utilizados pelo suspeito com o objetivo de comprar droga. Com base nas investigações do SHPP, Rocha estaria atualmente vendendo peças para um ferro velho na região.

Foto: Reprodução Rede Social