Guarulhos é a segunda cidade do estado com maior número de homicídios entre adolescentes

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

A cidade de Guarulhos é a segunda do estado com maior número de homicídios entre adolescentes de 15 a 19 anos. O município registrou 355 mortes, enquanto a capital paulista, primeira colocada teve 2.359 casos. Os dados são referentes ao período de 2008 a 2017, com base no levantamento realizado pelo Comitê Paulista pela Prevenção de Homicídios na Adolescência.

Esse comitê foi criado em dezembro do ano passado, sendo uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef),  do governo do estado de São Paulo e da Assembleia Legislativa do estado de São Paulo (Alesp). Em março deste ano, a deputada estadual pelo partido Rede Sustentabilidade, Marina Helou, foi nomeada presidente deste comitê, quando foram iniciados os trabalhos de coleta de dados.

Os números a respeito da taxa de homicídios foram coletados entre os meses de julho e agosto. “Os dados que a gente divulgou tem como base o Data Sus, que divulga os micro dados. Na Secretaria de Segurança Pública do estado de São Paulo (SSP), não são divulgados esses micro dados, porém, já conversamos com o secretário para nos próximos levantamentos utilizarmos os números da secretaria”, destacou Marina Carolina Schilittler, 35, socióloga e coordenadora do Comitê Paulista pela Prevenção de Homicídios na Adolescência.

Somente em 2017, Guarulhos registrou 15 homicídios de adolescentes, ficando com uma taxa de 14,02 de mortes nessa faixa etária. O objetivo do comitê é atender adolescentes na faixa etária de 10 a 19 anos, porém, de acordo com Marina, os números mostram que entre os adolescentes, a faixa etária mais vulnerável ao homicídio é de 15 a 19 anos.

Comitê deve divulgar mais um estudo neste ano

A coordenadora do comitê informou que mais um estudo deverá ser divulgado neste ano, dessa vez, com os dados do ano passado. “ Precisamos promover uma política de prevenção de homicídio ao adolescente, e por isso, precisamos elaborar um projeto contendo dados específicos, como o local e também o perfil da vítima”, revelou.

O HOJE questionou a SSP na segunda-feira (09), a respeito dos números, porém, a secretaria informou através de contato telefônico que a resposta sobre este levantamento seria realizada pela Secretaria da Justiça e Cidadania. “O Governo de São Paulo informa que os dados divulgados não foram apurados ou validados pela Secretaria da Justiça e Cidadania, por utilizarem metodologia diferente da oficial paulista. Os dados foram divulgados pelo Comitê Paulista pela Prevenção de Homicídios na Adolescência. Os dados oficiais sobre homicídios podem ser obtidos junto à Secretaria de Segurança Pública.”, destacou a secretaria.

Município                          (Número de homicídios entre 2008-2017)
São Paulo                            2.359
Guarulhos                           355
Campinas                            195
Osasco                                 162
Diadema                             147
Itaquaquecetuba              138

Foto: Ivanildo Porto