Prefeitura entrega obra de Tarsila do Amaral para exibição na Pinacoteca do Estado

Após firmar parceria para exibição da obra “Retrato do Padre Bento”, de Tarsila do Amaral, com a Pinacoteca do Estado de São Paulo, a Prefeitura de Guarulhos encaminhou na tarde desta segunda-feira (14) a obra, que estará disponível para visitação do público no final de novembro na Pinacoteca por um prazo inicial de três anos.

A obra foi retirada do Paço Municipal pela equipe técnica da Pinacoteca, com toda a segurança, em ação que foi acompanhada pelo prefeito Guti e pelos secretários municipais Vitor Souza (Cultura), e Airton Trevisan (Justiça). 

“Retrato do Padre Bento” vai passar ainda por um processo de restauração e, em seguida, se juntar a outras obras da modernista que compõem o acervo da Pinacoteca.

Termo

O termo de comodato foi assinado pelo prefeito Guti e pelo secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Sérgio Sá leitão, no último dia 3. Com isso, o quadro estará neste período sob a responsabilidade da Pinacoteca do Estado.

O “Retrato do Padre Bento” se encontrava cuidadosamente protegido pela Guarda Civil Municipal (GCM) na Secretaria de Segurança Pública. Óleo sobre tela, com dimensões de 880 cm x 105 cm, o “Retrato do Padre Bento” foi uma homenagem de Tarsila do Amaral ao sacerdote, produzida em 1931, pelos serviços prestados aos portadores de hanseníase. O quadro foi doado ao sanatório que funcionava na cidade de Guarulhos e levava o nome do missionário.

O quadro é posterior ao período da Semana de Arte Moderna. Muito embora não tenha a mesma força artística e pictórica das demais obras da modernista, ele representa uma figura bastante forte no município de Guarulhos, a do Padre Bento.