Timburi reúne paisagens naturais e opções de lazer no sudoeste de SP

A pequena Timburi, cidade da região de Marília, tem pouco mais de 2,6 mil habitantes e abriga paisagens naturais de encher os olhos. O município, também conhecido como “Janela do Poente”, oferece a seus visitantes cachoeiras, áreas para acampar e para caminhadas, voo livre, rafting, roteiros para cicloturismo, pontos de mirante, além de rios para a prática de pesca e esportes aquáticos.

Timburi está localizada a 364 km da capital paulista e é catalogada como Município de Interesse Turístico (MIT) desde fevereiro de 2019. Ela é uma das treze cidades componentes da Região Turística de Angra Doce Paulista, situada na região sudoeste do Estado. As demais cidades deste circuito são:

– Bernardino de Campos
– Canitar
– Chavantes
– Fartura
– Ipaussu
– Itararé
– Itaporanga
– Piraju
– Ourinhos
– Santa Cruz do Rio Pardo
– Salto Grande
– São Pedro do Turvo

Todas têm como característica básica o fato de serem banhadas pelas águas do rio Paranapanema e seus afluentes, fazendo fronteira com o Estado do Paraná. O nome Angra Doce lembra, obviamente, a baía de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, devido à quantidade de enseadas e ilhas, mas, no caso paulista, é a água doce de rios que impera.

Belezas naturais, esportes e culinária

A natureza é, de fato, a menina dos olhos Timburi. Os praticantes do skate downhill têm espaço muito disputado para esse esporte radical nas descidas da ladeira de mais de 2 km no caminho do camping do Redondo, seguindo para norte do perímetro urbano.

O potencial turístico do MIT Timburi como destino de ecoturismo é generoso. Cachoeiras como a Palmital, que tem mais de 60 metros de altura e três quedas d’água, fornecem muitas clicadas e passeios no meio da mata para os amantes de trilhas.

Outros saltos da região são a Cachoeira do Noratinho, bem como a Cachoeira Gogó da Garça, que está localizada às margens do Paranapanema, a norte da cidade, cuja cenografia forma naturalmente uma filial do paraíso para quem ali chega. Há barcos que levam visitantes a essas cachoeiras, que ficam a alguns quilômetros do camping do Redondo. Entre os mirantes, as opções são o Morro do Chapéu e do Trem.

A culinária tradicional dessa região do estado, com pratos que enchem os olhos e o apetite como a tilápia à parmegiana, ecoa com a festa que ocorre todos os meses de agosto na cidade, a Fespinga, que há mais de 50 anos reúne expositores de aguardente, além de programar shows, rodeios e cavalgadas. Para saber mais sobre a cidade, acesse o site timburi.sp.gov.br.